Você decidiu que quer fazer um feitiço ou percebeu a necessidade de fazer um.

Bom, a primeira coisa é definir o objetivo do feitiço que você irá fazer. A lista é imensa: Prosperidade, amor, saúde, trabalho, família, amizade, dinheiro... enfim...

Você deve querer que alguma coisa aconteça.

Partindo daí, temos um marco. O que fazer então?

Como um bruxo você deve procurar pensar nos elementos deverão ser utilizados para executar o propósito do seu feitiço.

E quando falamos de elementos a lista também é bastante vasta: cores, alimentos, plantas e flores, animais, metais, pedras, velas, tecidos, sementes, perfumes, símbolos, gestos, sons, óleos.

Tudo a nossa volta tem energia, e você pode canalizar e utilizar essa energia em favor do seu feitiço.

É nessa hora que você vai fazer um estudo... levantar quais desses elementos se encaixam no seu propósito.

 

Um feitiço em sua grande maioria deve Ser simples.

A palavra feitiço está ligada ao termo do latim fatum, ou seja, "algo feito" (não natural).

Não estamos falando de um ritual. Ritual pede um trabalho maior, uma ritualística maior e muitas vezes o trabalho com divindades. Mas não estamos falando de rituais.

Partindo deste princípio não tem porquê complicar. ;)

 

Bom, como fazer então? você já definiu seu propósito, e baseado em seus estudos, conseguiu reunir elementos que irão compor seu feitiço.

Você também pode se utilizar de outros fatores que poderão favorecer seu feitiço. As fases da Lua, por exemplo, costumam ser bastante utilizadas. Escolher o local do seu feitiço também é bastante importante. Sua cozinha, seu quarto, sua sala, seu quintal, seu jardim… enfim… deve ser um ambiente tranquilo e que você não seja interrompido. Onde você sinta-se confortável e possa se concentrar no objetivo do seu feitiço.

Ele não precisa ser demorado, aliás, nem deve ser. Como disse, não é um ritual.

 

Eu já tenho tudo o que eu preciso, o que fazer agora?

Sabemos que uma parte importante de qualquer feitiço são as palavras. As palavras têm imenso poder. Através delas lançamos ao universo nosso desejo. Eu vou mentalizar, eu vou sentir, eu vou desejar do fundo da minha alma, porém as palavras irão carregar e fortalecer de fato o meu pedido.

Uma dúvida muito comum é o que eu devo dizer? Preciso fazer rimas para meus feitiços? O que eu vou falar?

Ora! Você é bom com palavras? Gosta de escrever e fazer rimas? Então FAÇA! É parte de você.

Agora se você não é muito bom nisso, rs, não precisa entrar em desespero. Também não precisa sair como um louco atrás de algum feitiço pronto em livros ou na net para copiar as falas.

Você sabe o q você quer, você sabe da necessidade do que você quer, então tudo que você tem que fazer é: Ouvir seu coração.

Quando ao idioma a se trabalhar o feitiço (latim por exemplo) é um assunto para ooooooooooutro artigo. :)

Você já preparou tudo, já reuniu tudo, você sabe o que você quer. Então abra seu coração e aja. Lance suas palavras sob seu feitiço sem se preocupar com rimas. Apenas esteja focado no seu objetivo e seja sincero e force sua energia em direção ao foco daquilo que busca.

 

Você fez seu feitiço. E uma máxima importante é: Lance-o e esqueça-o!

Uma vez executado o feitiço você não deve ficar pensando nele, nem procurando “pistas” o tempo todo de que seu feitiço deu, ou não, certo. A Ansiedade não é um fator que vá auxiliar.

Deixe as leis do universo agirem. Quando menos esperar terá o resultado.

 

É importante que você mantenha registros de cada feitiço. Se você já tiver um Livro das Sombras ou Grimório pode anotá-lo, e, posteriormente, anotar seu resultado.

Se você é um iniciante na magia e por isso não possui um BOS, é de extrema importância que você tenha um caderno para registros de feitiços, para anotar seu aprendizado (por exemplo, você teve q fazer um levantamento dos elementos que seriam necessários para a execução do seu feitiço, portanto, é de grande valia que você tenha essa informação anotada até mesmo para uma futura consulta.). Uma questão simples que muitos tem duvida é: Posso anotar no computador? A resposta é sim e não. Se pretende anotar no pc e por acaso ele queimar, você perderá suas anotações. Se colocar “na nuvem” e ficar sem internet ou mesmo sem energia, não terá acesso aos seus arquivos. ESSE é o motivo de escrevermos no papel.

 

Uma recomendação importante: Feitiços não devem ser feitos por diversão!

Acho que a frase por si só não precisa de desenho, não é? ;)

Isso porque quando se faz um feitiço você está mexendo com energias e o universo.

Veja bem, você executar feitiços para aprendizado, o que é bem diferente de fazê-los por diversão. Quando você está estudando a prática é de extrema importância para seu aprendizado e eles terão um propósito, ao contrário de fazê-los por diversão que os tornam vazios e sem objetivo.

#A